A generosidade na praia

Entre os gritos dos vendedores ambulantes, sob o sol escaldante de quase 40 graus na Praia do Farol da Barra em Salvador/BA – encontrei uma senhora que protegida por um boné, lenço, cercada de baldes com água e um olhar fixo oferecia o seu serviço para os turistas que subiam as escadarias com os pés melados de areia.

generosidade

Uma senhora educada, que falava baixo, generosa e que não se limitava ao lucro.

A senhora: – “Posso limpar os seus pés!? Qualquer agrado é bem vindo!”

O mercado aceita com muita gratidão as pessoas que usam a generosidade nos negócios –  dar e partilhar acima de qualquer interesse ou utilidade. Limpar os pés dos turistas praieiros trata-se de um serviço de valor positivo – pela localização estratégica, por reconhecer as necessidade do próximo e ofertar uma ação de agrado.

Sem torneiras próximas e tendo que transitar pela areia fina – as pessoas que pisavam nas escadarias e se aproximavam da senhora generosa – se sentiam satisfeitos.

A retribuição era através de sorrisos, abraços e gorjetas (nacional e internacional).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s