Na varanda é que se debulha o feijão de corda

Os agricultores rurais que comercializam nas feiras livres no Nordeste utilizam pequenas porções de terra para o cultivo de frutas, legumes e hortaliças. Na beirada de uma estrada de chão, o espaço domiciliar cercado por varandas e construído com telhado aparente serve para que a família organize os cestos com os produtos, debulhem o milho e feijão de corda, divida a melancia em partes, descasque a laranja e borrife as folhas – e nesse movimento coletivo que ainda existe tempo para prosear.

varanda

 

 

1 comentário Adicione o seu

  1. PARABÉNS, INCENTIVAR A AUTOSSUSTENTABILIDADE, NAS ZONAS RURAL E URBANA, É ALGO GRANDIOSO PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ECONÔMICO DA SOCIEDADE BRASILEIRA.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s